ActiveCampaign

Como usar gatilhos mentais em email marketing?

Guilherme Laschuk
Escrito por Guilherme Laschuk em 25 de dezembro de 2021
Como usar gatilhos mentais em email marketing?
Junte-se a mais de 10.216 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O que são gatilhos? Nas armas de fogo são os ativadores de um disparo. No Google Tag Manager são acionadores de algum evento. Na mente humana são potentes estimuladores que levam as pessoas as tomarem decisões cotidianamente. Afinal, nossa vida é totalmente feita de escolhas. Criar estímulos de compra pode ser a estratégia que está faltando para que sua empresa conquiste mais leads e vendas, por isso nesse blog post você vai aprender como usar gatilhos mentais em email marketing, com foco na ferramenta ActiveCampaign.

Os 7 melhores gatilhos mentais em email marketing

Trouxemos os gatilhos mentais que costumamos utilizar em nossas estratégias. Veja os sete exemplos para você se inspirar!

1) Reciprocidade: dê mais para receber muito!

Imagine a situação: é seu aniversário e alguém, de forma inesperada, te presenteou com algo legal. Você, provavelmente, se sentiu feliz com a surpresa e talvez tenha até perguntando a essa pessoa qual a data de aniversário dela a fim de retribuir o presente. 

Essa vontade de corresponder o agrado nasce a partir do senso de reciprocidade que todo ser humano tem. Afinal, quando alguém é legal, você também é legal de volta com essa pessoa. E isso vale quando a situação for ruim, hein. 

Dentro de um email, esse gatilho pode ser explorado de diversas formas. Para testar, ofereça algo interessante para seu lead. Um material rico, um voucher ou uma hora de conversa gratuita, por exemplo. Com certeza, você receberá algo valioso em troca. Seja um elogio público, uma indicação ou uma resposta simples no email.

2) Exclusividade: upgrades, level up, lista VIP…

Atire a primeira pedra quem não gosta de ser bajulado de alguma forma! O gatilho mental da exclusividade trabalha nosso ego. Afinal, tudo que é exclusivo é escasso. Tudo que é escasso é mais desejado. E quem tem acesso ao que é exclusivo acaba se sentindo privilegiado em relação às outras pessoas. 

As grandes marcas de luxo exploram muito bem esse gatilho, com produtos caríssimos e, consequentemente, de difícil acesso para a maioria da população.

Já na automação de email marketing uma das formas mais inteligentes de se trabalhar o gatilho da exclusividade é garantindo uma informação, um material ou algo de forma antecipada seja disponível apenas para um determinado perfil de lead.

Encha sua copy de “inédito”, “só para você”, “poucos têm acesso”, “lançamento em primeira mão” etc.

Dentro do ActiveCampaign o melhor exemplo é o Lead Scoring. Leads que têm mais interação com os emails recebidos, ou seja, que clicam mais, podem entrar em listas VIPs e receber materiais ou automações privilegiadas. É como ganhar um upgrade de executiva para primeira classe!

3) Curiosidade: “Como usar gatilhos mentais em email marketing?”

Existem poucas coisas tão motivadoras quanto a curiosidade! Nada estimula mais a nossa busca constante por conhecimento do que a necessidade de saber mais e de sanar as nossas dúvidas, por isso esse gatilho deve ser, obrigatoriamente, explorado na sua estratégia de alguma forma. 

A curiosidade abre um looping no seu cérebro que desperta a necessidade de encontrar a informação necessária para fechar esse looping! E é essa inquietação causada por ela que você precisa gerar no seu lead. Provoque-o abusando de promessas para as principais dores dele. Você precisa aguçar no seu lead a vontade de realizar alguma ação. 

4) Novidade: quem não quer ser o primeiro a saber?

Quando alguém diz que não gosta de surpresas, provavelmente, deve ser porque essa pessoa teve alguma experiência ruim que estragou o frenesi de lidar com algo desconhecido e bom ao mesmo tempo. 

No entanto, nossos instintos anseiam por novidades e, consequentemente, as relacionamos a transformações positivas, que vão nos fazer felizes ou vão mudar nossa vida para melhor de alguma maneira.  

Novidades podem ser boas ou ruins, mas o nosso cérebro cria a expectativa de que elas vão transformar a vida para melhor. O possível prazer nos faz gostar do que é novo! Veja só o sucesso que é o Fórmula de Lançamento do Erico Rocha. Só o fato de lançar algo em vez de vendê-lo constantemente estimula diversos gatilhos e a novidade é um deles. 

5) Prova social: como seu produto ou serviço ajuda e transforma a vida das pessoas 

Esse gatilho está estreitamente relacionado ao gatilho seguinte, de autoridade, pois ambos buscam evidenciar a credibilidade de determinada pessoa, produto, empresa ou serviço. O gatilho da prova social faz isso por meio de evidências de clientes, com depoimentos e cases de sucesso.

Para usufruir desse gatilho converse com quem já conhece e confia no seu trabalho e peça que essa pessoa grave ou escreva a opinião dela sobre você, evidenciando a transformação que o seu produto ou serviço causou na vida dela. 

A prova social é um dos gatilhos mentais mais poderosos e persuasivos porque trabalha o pensamento coletivo e a ideia de comunidade em volta daquilo que você está oferecendo. Qual empresa não quer se tornar uma marca dona de uma comunidade de lovers, tal qual Nike Lovers e Apple Lovers?

6) Autoridade: mostre quem sabe 

Vamos novamente imaginar um cenário. Dessa vez, pense que você está em busca de uma reeducação alimentar e procura por um nutricionista confiável. Após receber inúmeras indicações de amigos, você vai procurar o perfil nas redes sociais de dois profissionais que ganharam mais indicações pelo seu grupo. 

  • O primeiro nutricionista tem um perfil profissional com 700 seguidores e poucas publicações voltadas para o seu tema de interesse. 
  • Já o segundo tem quase 10 mil seguidores e diversas publicações sobre reeducação alimentar e temas afins.

Com quem você se sentirá mais seguro para marcar a sua primeira consulta? Resposta simples, né? Sem sombras de dúvidas, o segundo nutricionista gera mais conteúdo de valor, é mais reconhecido dentro da sua área de atuação e tem mais chances de converter visitantes em clientes! 

É exatamente sobre credibilidade e confiança que se trata o gatilho mental da autoridade. Gere autoridade falando sobre suas conquistas, certificados, títulos, especializações, audiência, número de alunos etc. 

Você pode, inclusive, gerar autoridade por meio de blog posts, mostrando que tem total domínio sobre o tema abordado. Nós frequentemente adotamos essa estratégia nos conteúdos compartilhados por aqui, especialmente nos posts pilares, onde damos um grande overview sobre determinado tema.

>> Veja mais em: ActiveCampaign – Como começar e fazer sua 1ª venda em 24h.

7) Escassez: últimas horas, tempo limitado…

Falar de escassez é fácil. Basta lembrar das chamadas do infoprodutor no último dia de carrinho aberto durante um lançamento! Geralmente, utilizamos esse gatilho atrelado ao tempo, demarcando dias ou horas que determinada promoção, produto ou serviço estará disponível para aquisição. Para isso, gostamos de usar um temporizador em nossos emails. 

Os profissionais de marketing e vendas amam o gatilho da escassez por conta do imediatismo relacionado a ele. Afinal, quando você limita o acesso a algo, as chances das compras acontecerem logo são grandes. 

Enfim, esses são gatilhos mentais com grande poder de persuasão e, não à toa, nossos favoritos. Acreditamos que a partir da aplicação de alguns deles na copy, você poderá alcançar a sua meta de vendas mais facilmente.

E aí? Agora que você já sabe como usar gatilhos mentais em email marketing, já se sente pronto para implementá-los em suas automações? As dicas e insights não acabam por aqui, hein! Tem muito mais na comunidade Efeito Active. Basta se cadastrar e entrar na lista de espera!